emprestar-ou-nao-emprestar-dinheiro-para-amigos-fulgencio-bomtempo-financas-pessoais-educacao-financeira-palestra-prosperidade

Emprestar ou não emprestar dinheiro para amigos?!

Você já passou pela situação onde um amigo seu lhe pediu dinheiro emprestado?

Pare um minuto e imagine a cena. Seu amigo chegando até você, meio tímido, e no meio da conversa ele lhe pede um dinheiro emprestado para socorrer umas contas. O que você faria nessa situação??

Quando misturamos dinheiro e amizade, normalmente, temos prejuízo, seja da amizade ou do dinheiro (quando não perdemos ambos).

Mas e aí, o que fazer nessa situação, emprestar ou não? Analise alguns pontos…

 

Receba nossas atualizações e dicas exclusivas por e-mail...

Esse dinheiro lhe fará falta?

A primeira coisa a levar em conta é se o montante que seu amigo pediu lhe fará falta no curto prazo.

É um valor que você tem guardado na poupança para emergência e que provavelmente não lhe fará falta nos próximos meses?

Se o valor for lhe fazer falta ao longo do mês, seja sincero e diga que não pode emprestar, que você também está apertado no momento.

 

O dinheiro não lhe fará falta no curto prazo, e é um montante que você considera pequeno?

Tudo bem, então dê esse dinheiro para seu amigo.

SIM, DÊ O DINHEIRO.

Se você não quiser, não precisa dizer isso ao seu amigo, mas diga isso para você. “Eu estou dando esse dinheiro para o meu amigo.”

Assim, se você receber de volta ótimo, se não, foi um presente para um amigo especial.

Ao optar por dar o dinheiro você está consciente de que não precisa cobrar esse dinheiro, nem esperar que ele seja pago dentro de um prazo específico. Evitando perder o amigo porque você fica cobrando a toda hora, ou perder o amigo, pois ele deixou de pagar.

Claro que o seu amigo sentirá tão grato pelo fato que considerará ter uma dívida com você e provavelmente assim que tudo normalizar ele fará questão de te reembolsar o valor que você deu a ele.

 

E se o montante for grande e for um amigo de longa data?

Veja que eu disse “se for um amigo de longa data”, então é provável que você conheça muito bem o seu histórico financeiro e sabe que realmente foi um deslize e que pode confiar nele.

Nesse caso, se você realmente tem esse dinheiro disponível em algum investimento líquido e, novamente, não lhe fará falta, vocês podem elaborar um contrato, uma letra promissória, para formalizar o empréstimo.

Aqui cabe mais um alerta! Só empreste, mesmo para um amigo de longa data, se você estiver confortável com a situação. Caso contrário seja sincero e diga que não se sente bem ao emprestar dinheiro e que prefere preservar a amizade. Agora se você está confortável com a situação, é por conta e risco seu.

Uma forma de minimizar o risco é formalizar o empréstimo. Para isso vocês devem pré-acordar tudo que for necessário, como:

  • Data de pagamento;
  • Meio de pagamento (parcelado ou em uma data específica);
  • Juros (sim, trate esse empréstimo como um investimento. Só empreste para receber juros que cubra seu custo de oportunidade, você poderia estar com o dinheiro investido em outra aplicação sem risco.);
  • Se necessário coloque um bem como garantia no contrato (pode ser um celular, vídeo game, moto, carro, etc.);
  • E o que farão caso a dívida não for paga.

Isso é para segurança de ambos, para você credor, aumenta as chances de receber a dívida, e para o seu amigo de que nada sairá do combinado e que terá um prazo para se reorganizar.

Outra cautela que você deve tomar é para não acostumar o seu amigo a sempre recorrer a você quando precisa de um socorro financeiro.

Lembre-se que você não é banco e que o ato de emprestar dinheiro para amigos deve ser algo realizado com muita cautela, quando não puder se evitado.

Se você já teve alguma experiência emprestando ou pegando emprestado algum dinheiro com amigo, comente abaixo e conte a sua experiência. Ajude a enriquecer esse espaço!

 

Receba nossas atualizações e dicas exclusivas por e-mail...


2014 - Bomtempo Controle Financeiro - Banner Fim de Post
280

You may also like

4 comments on “Emprestar ou não emprestar dinheiro para amigos?!

Tiago Rabelo

Realmente, já passei por essa situação e quase perdi a amizade, devia ter analisado o histórico dele com mais cuidado, visto que ele sempre pegava dinheiro emprestado, o que era pra ser pago em 6 meses durou dois anos, e com várias dores de cabeça. Obrigado pelo artigo!

    Seja bem vindo ao blog Tiago!! Tem muito conteúdo financeiro para lhe ajudar e inspirar, fique a vontade para comentar e interagir sempre.
    Obrigado por compartilhar a sua experiência! Bom saber que mesmo com a adversidade você conseguiu manter o amigo e receber o dinheiro.
    Da próxima já estará mais atento.
    Abraço e sucesso!

    FulgencioBomtempo Post author

    Boa tarde Gustavo!

    Seja muito bem vindo ao Blog!

    Obrigado pela visita, ainda estou arrumando a casa por aqui. Em breve tudo estará mais organizado e com mais informações.

    Abraço e sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *