antecipar-ou-nao-o-meu-financiamento-imobiliario-entenda-quando-isso-e-vantajoso

Antecipar ou não o meu financiamento imobiliário? Entenda quando isso é vantajoso.

O amigo leitor André tem um financiamento imobiliário e me enviou a seguinte dúvida:

“Preciso de sua ajuda para sanar uma dúvida referente à antecipação de financiamento imobiliário do meu apartamento.

Não entendo muito do assunto, porém, sei que minhas parcelas são decrescentes, hoje pago parcelas de +- R$1.100,00 e as últimas parcelas são de +- uns R$550,00, financiei em 15 anos, já paguei 1 ano de prestações.

Hoje, quase metade da prestação é de juros, ou seja, pago mais ou menos R$1.100,00 e quase a metade disso é de juros.

A taxa anual de juros do meu contrato é: Nominal: 6,6600 e Efetiva: 6,8671.

Tenho um valor exato de 10.000 reais aplicado na poupança, a dúvida é, vale apena amortizar?

Caso valer apena amortizar o que e melhor diminuir o valor das prestações ou diminuir o tempo da dívida?”

 

Receba nossas atualizações e dicas exclusivas por e-mail...

Se você, assim como o André, tem dúvida se usa o dinheiro da poupança para antecipar ou não o seu financiamento imobiliário, eu vou lhe ajudar.

O primeiro ponto a ser analisando quando a proposta é antecipar uma dúvida é a taxa de juros.

No caso do financiamento do André, a taxa efetiva de juros é de 6,8671% ao ano. Hoje a taxa de juros básica do Brasil, a taxa SELIC está em 14,25% ao ano. Então é possível ter retornos maiores do que o juros cobrado no financiamento!

Partindo daí, não vale a pena antecipar a dívida, melhor colocar o dinheiro rendendo em um título do Tesouro Direto, por exemplo.

Baixe o meu e-book sobre investimento em Tesouro Direto e aprenda a rentabilizar melhor seus investimentos! Clique aqui!

Mas talvez assim como o André você esteja assustado com o fato de nas primeiras parcelas do financiamento estar pagando metade da parcela em juros. Mas calme, isso é normal.

Normalmente financiamentos imobiliários possuem essa característica de começar pagando uma parcela alta e ao passar dos anos a parcela ir reduzindo. Chamamos esse modelo de financiamento de Sistema de Amortização Constante (SAC).

Com esse modelo o que acontece é que você acaba pagando menos juros do que se as parcelas fossem fixas.

Então não se assuste, mesmo pagando uma parcela alta de juros no início, você compensará esse valor ao longo dos anos.

Nesse caso a resposta definitiva é, invista os R$10.000,00 em algo que dê maior retorno que a taxa do financiamento.

Só é vantajoso antecipar o pagamento de um financiamento quando a taxa de juros cobrada, for maior que o retorno que você pode ter investindo o dinheiro.

Precisa de ajuda com as suas finanças? Entre em contato comigo! Será um prazer poder lhe ajudar.

 

Receba nossas atualizações e dicas exclusivas por e-mail...


2015 - E-book - Tesouro Direto - Aprenda a investir - Banner Fim de Post

 

104

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *