11 Principais Dúvidas sobre Bitcoins - Respondidas - Coach Fulgencio Bomtempo Financas Pessoais Educacao Financeira

11 Principais Dúvidas sobre Bitcoins – Respondidas!

Ao longo dos últimos meses o mundo tem presenciado um crescimento exponencial do mercado das criptomoedas e em específico do Bitcoin. Com esse crescimento, também vem surgindo inúmeras dúvidas. Tenho recebido vários contatos de diversas pessoas espalhadas pelo Brasil interessadas em conhecer mais sobre Bitcoin e até mesmo investir na criptomoeda.

Se você pretende se aproximar desse mundo de inovação tecnológico, eu lhe apresento as principais dúvidas que recebi e respondi nos últimos meses. São elas:

  1. O que é Bitcoin?
  2. E esse tal de Blockchain, é seguro?
  3. De onde surgiu tudo isso?
  4. Como posso adquirir Bitcoins?
  5. Por que 1BTC vale hoje R$50mil?
  6. Será o Bitcoin a moeda do futuro?
  7. Bitcoin é investimento?
  8. Existe uma bolha no Bitcoin?
  9. Bitcoin é pirâmide financeira?
  10. Mas e aí, devo ou não comprar Bitcoins?
  11. Se eu vou comprar Bitcoins?

Talvez você ainda não tenha encontrado resposta para todas suas dúvidas ou não tenha feito as perguntas corretas, então espero que minha opinião lhe ajude.

 

Receba nossas atualizações e dicas exclusivas por e-mail...

O que é Bitcoin?

Vamos começar pelo início… as criptomoedas são um desejo tecnológico antigo. Viu-se a necessidade de uma moeda virtual assim que surgiram as primeiras transações comerciais pela internet. Assim como em nosso cotidiano ninguém questiona quem é a pessoa que está pagando, em dinheiro, pelo produto adquirido no mundo físico, desejava-se algo que tivesse a mesma comodidade no mundo virtual. O cartão de crédito e os meios de pagamento adaptados para o mundo on-line resolveram o problema em parte, mas ainda havia a necessidade de uma confirmação de um terceiro (banco, operadora de cartão) para confirmar a transação. Com a criptomoeda isso não acontece, o processo é validade pela própria rede, através do sistema de Blockchain. 

Então aqui temos duas novidades tecnológicas: Criptomoedas & Blockchain.

 

E esse tal de Blockchain, é seguro?

A tecnologia de Blockchain é a principal inovação trazida pela Bitcoin, e sim é seguro. A sua segurança acontece, pois ao invés de validar a operação de forma centralizada, ela é validade em uma rede, onde cada computador valida uma pequena parte da transação, o que dificulta muito a possibilidade de fraude.

Essa nova tecnologia já está sendo absorvida pelas instituições financeiras e governos, trazendo mais segurança para seus dados. O Blockchain definitivamente veio para ficar!

Quer saber mais? Confira o artigo da Wikipédia sobre Blockchain.

Como toda transação realizada em Bitcoin passa pelo Blockchain, que é sua principal inovação tecnológica, ela não precisa de um “banco central”, o que a torna descentralizada.

 

De onde surgiu tudo isso?

Essa é uma longa história, mas vou tentar resumir. Como comentei anteriormente, existia a necessidade de uma moeda digital, haviam algumas sendo desenvolvidas em paralelo e uma delas era o Bitcoin. O nome por traz da criação do Bitcoin é Satoshi Nakamoto, ao publicar um artigo científico de 8 páginas em 2008 ele gerou inúmeros admiradores, pois o que ele apresentou foi uma solução completa, e principalmente simples, para a necessidade de uma moeda digital.

satoshi-nakamoto

Se você reparou, eu disse que “o NOME por traz da criação do Bitcoin” e foi de propósito, pois ninguém conhece Satoshi Nakamoto, tudo foi desenvolvido por ele em parceria com outros desenvolvedores tudo pela internet, cada um em sua casa ou local de trabalho. A primeira Bitcoin foi minerada (falarei sobre isso mais adiante) e transferida pelo Satoshi Nakamoto em 2011 e em seguida ele desapareceu de todos os fóruns de discussão sobre o tema e redes sociais.

O desenvolvimento continuou pelos admiradores do projeto, já que é um sistema colaborativo, simples (apenas 8 páginas explicativas) e ainda protegido pela Blockchain, foi possível dar continuidade no projeto e chegar a realidade que temos hoje.

 

Como posso adquirir um Bitcoin?

São 3 possibilidades. A primeira e mais simples delas é comprar uma, você pode acessar uma “casa de câmbio” como o Mercado Bitcoin e adquirir a quantidade desejada. Você vai adquirir, transferir para sua carteira virtual e pode usar da forma como desejar, claro onde aceitar a moeda digital.

A segunda forma de obter seus Bitcoin é através de venda de produtos e/ou serviços aceitando a criptomoeda. Já existem alguns estabelecimentos comerciais típicos que aceitam Bitcoins como forma de pagamento. A meu ver essa é a melhor forma de adquirir no momento.

A terceira e não tão viável mais é a mineração de Bitcoins. Não tenho conhecimento prático sobre o ato de minerar Bitcoin, mas a mineração de Bitcoins acontece ao deixar seu computador ligado na rede fazendo a validação das transações de Blockchain e em troca você consegue obter Bitcoins através dessa atividade. Hoje tem muitas pessoas fazendo o processo de mineração, e com isso tem dificultado a obtenção da criptomoeda através da atividade, e como consome muita energia tem feito com que muitos mineradores abandonassem a atividade e inibindo novos entrantes.

 

Por que 1BTC vale hoje R$50mil?

Essa é a melhor pergunta de todas! Existem inúmeras teorias sobre o motivo de 1BTC valer tanto e muitos acreditam que pode valer ainda muito mais. Mas a verdade é que o valor do Bitcoin, assim como toda moeda ou mesmo produto, segue uma regra básica da economia, a lei da oferta e demanda.

Se tiver mais pessoas querendo adquirir o produto, do que pessoas dispostas a vender o mesmo produto, o preço irá subir. Porém se tiver mais pessoas interessadas em desfazer de seus Bitcoin, o preço também vai cair.

Um fator que é usado como justificativa para um contínuo aumento do valor da Bitcoin é o fato de ela ser configurada como limitada a 21milhões de unidades, e que em 2048 99,9% dos Bitcoin já estarão em circulação. Porém ninguém garante que ela realmente será limitada e principalmente ninguém sabe o que acontecerá após atingir o limite.

Então a maior parte desse valor é especulativo, mais gente querendo comprar do que pessoas querendo vender.

 

Será o Bitcoin a moeda do futuro?

Será? Muitos acreditam que sim, mas quando o assunto é tecnologia, o futuro está sempre pronto para nos apresentar algo novo. Lembra do meio de comunicação do futuro em 1984, o primeiro telefone celular? Pois é, hoje você consegue conversar por vídeo usando um aparelho muito mais compacto, e nem imaginamos o que ainda está por vir. Então o que garante que o Bitcoin também não será substituído por outra criptomoeda ou mesmo outro meio de pagamento em um futuro próximo?

 

Bitcoin é investimento?

Não! Bitcoin não é um investimento. Um investimento é algo que lhe gere renda. Ao comprar ações de uma empresa, você se torna sócio dela e recebe dividendos relacionados ao lucro que ela obter em determinado período. Ao investir em renda fixa, você empresta seu dinheiro para uma instituição, seja um banco, empresa ou mesmo o governo, e recebe em troca juros, como forma de remunerar o seu dinheiro ao longo do tempo.

Ao adquirir Bitcoin você apenas corre o risco de ter uma variação do preço desse ativo, pra mais ou para menos, é um risco. Isso acontece com qualquer tipo de moeda (dólar, euro, real) ou commodity (ouro, prata, petróleo). Porém apesar desses ativos não serem investimentos, podem ser utilizados para acumulo e crescimento patrimonial, desde que se saiba o que está fazendo e dos riscos que está correndo. Comparar Bitcoin com Ouro é fora de lógica, mas ambos podem ser utilizados estrategicamente para aumentar sua riqueza.

 

Existe uma bolha no Bitcoin?

Eu acredito que sim, e após dizer isso para várias pessoas ao longo do ano passado, ainda vivenciamos um forte indício disso no fim do ano. A queda acentuada e acelerada que aconteceu em Dezembro/17 foi uma forma de corrigir o preço, um alerta de que a maioria acredita que R$70mil por 1BTC está realmente muito caro. Voltamos para o patamar de R$50mil e aqui estamos permanecendo. Mas, o que realmente justifica 1BTC ser vendido por R$50mil? No meu ponto de vista esse preço ainda está muito inchado, tem muita expectativa futura envolvida, não vejo fundamento para voltar a subir de forma acelerada, pode até continuar subindo, mas depois de uma série de correções ao longo dos próximos meses. 

 

Bitcoin é pirâmide financeira?

Se você adquirir suas Bitcoin através de um dos 3 meios que comentei acima, mineração, recebimento ou compra, você está seguro do que tem em mãos. Agora atenção redobrada em propostas mirabolantes que eu já vi por aí!

Existem inúmeras empresas que estão aproveitando a onda das criptomoedas para oferecer “planos de investimento” onde você entrega o seu dinheiro para a empresa e ela lhe promete um retorno surreal em um futuro próximo. Cá entre nós, dinheiro não cai do céu, e quem encontrar uma fórmula para multiplicar dinheiro legalmente provavelmente não vai sair por aí entregando isso “de mão beijada”.

Empresas onde você entra com dinheiro, convida mais pessoas e seu dinheiro se multiplicará sem você fazer mais nada, é princípio base para se ter uma pirâmide financeira. Quando que ela vai cair, isso é questão de tempo, mas o padrão é sempre o mesmo.

 

Mas e aí, devo ou não devo comprar Bitcoins?

Essa é uma decisão pessoal. Você deve ou não comprar dólares? Depende do que você quer com eles, vai viajar para o exterior, então compre dólares suficientes para isso. Não vai viajar, então é bom ter outro objetivo para seus dólares. Qual o seu objetivo ao comprar Bitcoins? Se você enxerga que 1BTC por R$50mil está barato, compre, se achar que está caro, não compre e venda o que tiver, isso é princípio básico de especulação.

Leitura recomendada: Investimento vs Especulação: Aprenda a diferença

Se eu vou comprar Bitcoins?

Provavelmente. Como Coach, Educador Financeiro & Palestrante busco aprender cada vez mais sobre as principais opções disponíveis no mundo financeiro. E depois de estudar muito certamente colocarei uma parcela do meu investimento, ATENÇÃO, que não me fará falta para conhecer a dinâmica. Para lhe citar um exemplo, estou estudando a possibilidade de comprar Bitcoin em Reais e sacar em Dólares na minha próxima viagem de férias. Mas não vou confiar todo o dinheiro dessa viagem em Bitcoins, pois sei dos riscos que existem. (Depois conto como foi a experiência.)

Se você nunca investiu 1 real, nem na poupança, não queira começar com Bitcoins. Não é porque saiu de centavos para milhares de reais que isso continuará a acontecer. Se você comprou a quase R$70mil no fim do ano passado, você já está com uma desvalorização significativa, se não tiver vendido ainda. E quem vendeu nos dias de pânico pode ter perdido cerca de 50% do patrimônio que estava em Bitcoins.

Quer investir em algo que realmente lhe dará retorno? Clique aqui e invista em você! Invista na sua Educação Finacneira, seja aqui no blog, em cursos de parceiros ou livros de grandes nomes, mas primeiramente aprenda sobre o que você está fazendo, aprenda pelo menos o básico e coloque o básico em prática antes de experimentar opções mais complexas.

Você já teve algum contato com Bitcoins? Compartilhe comigo sua experiência. Tem alguma dúvida? Fique a vontade e pergunte nos comentários, vamos conversar. 

 

Receba nossas atualizações e dicas exclusivas por e-mail...


2015 - E-book - Tesouro Direto - Aprenda a investir - Banner Fim de Post

 

138

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *